Málaga – Espanha

Terceira parada: Málaga

cartel-feria-malaga-2013

Cartaz da Feria de Málaga que tirei da Internet.

Viemos de Granada de ônibus da empresa Alsa. 1h e meia de viagem, ônibus confortável e ainda, com wi-fi. Saímos de Granada cedinho a 0ºC e derretemos em Málaga, cidade praiana onde a gente realmente sente o clima quente andaluz.

Morei lá há 12 anos e fui surpreendida: Málaga está muito mais bonita!!

Onde ficar:

Ficamos hospedados  neste apto e indico muito: https://www.airbnb.com.br/rooms/938024

Outras sugestões: Room Mate na Calle Larios, excelente localização; e Parador, mas este fica no alto do Gibralfaro. Você vai precisar de táxi pra subir e descer.

O que fazer:

Já falei um pouco sobre Málaga aqui: https://losamantespasajeros.wordpress.com/2013/10/03/andaluzia-espanha/

Agito é no verão, Málaga ferve! Também durante a Feria de Málaga que acontece no mês de agosto. Há rodinhas de flamenco na rua toda hora. A cidade é enfeitada. A Semana Santa também é muito bonita. Há procissões todos os dias. Antonio Banderas, ator da terra, vai todo ano. Na noite de 23 de junho, véspera do Día de San Juan, os malagueños fazem fogueiras na praia para comemorar o início do verão. Quando morei lá, participei de todos estes eventos, gostei de todos.

Praias: As praias não são lindas e a areia é grossa com pedrinhas. Mas tem badalação, pois muitos europeus passam férias aqui e também estudantes que vêm pra cidade estudar espanhol no verão que é quente e úmido, chegando a fazer 40º. Antes de ir à praia, passe numa mercearia, escolha o pão e monte seu sanduíche com jamón.

Playa del Dedo: tem que pegar um ônibus ou un táxi pra chegar. Fica no bairro de El Palo, onde está o famoso restaurante “El Tintero”.

IPHONE 999 IPHONE 995 IMG_0295 IMG_0293 IMG_0289 IMG_0269

Playa de Pedregalejo e Baños de Carmen: praia no caminho para el Palo, no bairro de mesmo nome. Tem muitos restaurantes na orla. Mas não como em Copacabana, por exemplo, eles ficam na rua, e não na areia.

Playa de la Malagueta: praia do centro. Você chega a pé da Plaza de la Merced passando por um túnel curto. As praias são todas iguais.

Dá pra fazer 90% dos passeios a pé.

Calle Granada: minha rua predileta em Málaga, cheia de restaurantes e bares. Ela começa na Plaza de la Merced.

Plaza Constitución e Catedral: vale entrar na catedral, €5 . É bonita e foi construída entre 1528 e 1782, em estilo barroco e renascentista. O pátio cheira a laranja por causa dos pés de naranjos espalhados pela cidade. Mas não tente comer uma, é bem azeda. Vou vai sentir a diferença no sabor quando tomar um zumo de naranja.

IPHONE 938 DSCN5128

Calle Larios,  adoro esta rua, acho a mais charmosa de lá! É fechada para pedestres, cheia de lojas e caminhando nela você chega até o porto.

DSCN5103

DSCN5154 DSCN5119

IMG_0191

Porto: a renovação do puerto é bem recente e ficou lindo!! Quando morei em Málaga, 2002 e 2003, ele ainda não havia sido reestruturado. Há uma calçada larga para passear, lojas e restaurantes. Se quiser saber a história desse porto (em espanhol): http://www.puertomalaga.com/web/guest/historia

IPHONE 1027  DSCN5176

DSCN5203 DSCN5205

DSCN5181

Andando até o final do porto achei esta “cidade dos gatos”

Plaza de la Merced, Casa Natal de Picasso e Museu Picasso: praça onde Picasso brincava quando era criança e desenhava as pombas sentado num de seus bancos. Ao redor está a casa onde nasceu e viveu até os 14 anos, quando a família se mudou para Barcelona. O museu que leva seu nome é bem recente, inaugurado em 2003.

DSCN5145 DSCN5144

Alcazaba e Gibralfaro: uma das coisas mais lindas pra se fazer na cidade, um passeio de duração aproximada de 3h, 25 minutos de subida, rs. Você compra um ingresso pra visitar os dois, €3,55. Lá de cima tem toda a vista da cidade, praias, porto, arena de toros. O Alcazaba foi uma fortaleza construída entre 756-780 A.C. para proteger o castelo de Gibralfaro.

IPHONE 1001 IMG_0389

IMG_0378 IPHONE 1004

IMG_0364 IMG_0363

IMG_0319 IMG_0323

IPHONE 1009 IMG_0339

Teatro Romano: embaixo do Alcazaba, faz parte de suas ruínas.

IPHONE 942 IPHONE 943

EXTRA EXTRA!! Acabei de saber que foi inaugurado agorinha o Museu Pompidou no porto de Málaga!!! Que fantástico, a cidade se embelezando ainda mais. http://www.centrepompidou.es/

Onde comer ou ir de copas:

A night aqui pega fogo, principalmente no verão, que você pula de bar em bar, tomando una copa aqui outra ali.

Eu fico louca, quando chego à Espanha, para comer churros con chocolate. E se é fora do verão, comer castanhas que vendem baratinho pelas ruas, ¡qué rico!:

IMG_0264

Málaga tem seu peixinho próprio, típico daqui: os boquerones, que você pode pedir frito (foto), assado ou al escabeche.

IPHONE 988

El Tintero (Playa del Dedo, s/n): imperdível! experiência gastronômica e antropológica incomparável. Não há pratos a la carte, são tapas, porcões de peixe, frutos do mar, maionese, paella, legumes, o que for! André aumentou seu vocabulário espanhol aqui. Se eu tiver tempo, vou  inserir um glossário neste post. Os garçons gritam com os pratos na mão e quem quiser, pede. Uma espécie de rodízio. Cada prato, não interessa o que contenha, custava €6. Sendo que o primeiro é sempre grátis, pois na Espanha, como é sabido, eles oferecem sempre uma tapa com a bebida. A cerveja vem numa jarra de plástico. Uma de nossas melhores experiências da viagem!http://www.restauranteeltintero.com/

IMG_0277 IPHONE 987 IPHONE 991 IPHONE 986

Restaurante Ciao (Calle Granada, 34): nada demais, pizzaria, mas minha sogra disse que comeu lá um dos melhores minestrones da vida. Então…

Tapería Sybaris (Calle Álamos, 16): Fica numa das ruas que cortam a Plaza de la Merced. Fomos com amigos espanhóis. Só tapas maravilhosas: verduras, holjadre de queso de cabra (folhado), aceitunas, croqueta de carne… e tomei lá um drink delicioso, un chupito de avellana (licor de avelã), cortesia da casa. http://www.taperiadesibaris.es/

IPHONE 1021

Chupito de avellana

Restaurante Los Olivos (Plaza del Carbón,2): mais um na Calle Granada. http://lareservadelolivo.com/

El Pimpi: um clássico. http://www.elpimpi.com/

Los del Colmenar: não achei site na Internet, mas fica perto da Calle Victoria, nas proximidades da Iglesia de la Victoria, igreja de onde saem as procissões na Semana Santa. Lá tomamos porra, sopa parecida com o gazpacho e berenjenas rebozadas:

IPHONE 1043

Na porta do restaurante com amigas de BH que moram lá.

Tomamos café da manhã um dia nesta padaria na Calle Larios:

DSCN5122

Lojas:

Oleoteca (Calle Granada, 44): Pra comprar produtos com azeite de oliva virgem: azeite, é claro!, chocolates, cremes etc. http://ocio.laopiniondemalaga.es/hosteleria/malaga/restaurantes/malaga/la-chinata-malaga-oleoteca-gourmet-hos3761.html

Estudiar español en Málaga: quando morei lá estudei no Instituto Picasso, que tem este nome porque fica na mesma rua onde o pintor nasceu. 12 anos depois, fotinho na porta da escola. ¡Qué ilusión!

IPHONE 977

http://www.instituto-picasso.com/learn-spanish/picasso.htm

Em Málaga alugamos um carro e seguimos para os pueblos blancos. Próximo post, aguarde!

Mais (em espanhol): http://www.malagaturismo.com/

Nosso mapa: https://www.google.com/maps/d/edit?mid=zADAcx_s-BBQ.kc-pc4MXd8aI

Este post faz parte do nosso roteiro 15 dias na Espanha.

IPHONE 1031

Alcazaba visto do porto.

* todas as fotos de nossa autoria.
Esta entrada foi publicada em Espanha. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *