¡Mi Buenos Aires querido! (post atualizado)

Amo esta cidade!!♥

Já fui 3x e iria de novo!

Mafalda

Antes de tudo, sempre que entrar num táxi, dê o endereço indicando a esquina. As ruas lá são bem compridas, por isso.

Onde ficar: Recoleta, Palermo, Centro, San Telmo! Dizem que o melhor é ficar na Recoleta (bonito, arborizado) ou Palermo (bonito e trendy, cheio de bares e restaurantes!). Centro acho que seria igual ficar no centro do Rio. Agitado durante o dia e nos dias úteis e deserto à noite e finais de semana. Não recomendaria!Na minha última estada aqui, em jun/17, fui com minhas irmãs  e ficamos nós três num quarto só pra gente num hostel boutique em Palermo Soho que indicamos muchísimo: Caravan. Adorei ficar em Palermo, com certeza ficarei lá quando voltar. O Caravan está novinho em folha, foi aberto há 3 meses e os proprietários são uma família: os pais e os filhos, a Dani e o Guido, extremamente acolhedores! Sinta a vibe do hostel vendo este vídeo aqui! As outras duas vezes que vim a Bs As, fiquei em San Telmo, uma delas, no Bohemia Hotel, que gostamos muito tb! Ficamos num quarto para 4 pessoas sendo os dois quartos separados. Mas isso foi em jul/11, vale a pena ler se o hotel continua legal. A 1ª vez fui em out/10 e nessa época é bom levar um casaquinho. Tem um hotel boutique novo na Recoleta que me interessou chamado Carles Hotel.  E pra quem é 5 estrelas, Alvear Palace!

Com mis hermanas na piscina do hostel!

Hostel Boutique Caravan BA

Melhor câmbio: Troque somente o necessário no Banco La Nación dentro do aeroporto assim que chegar. Abre todos os dias em ambos, sendo no Ezeiza 24h por dia e no Aeroparque de 6h à 0h. Fora do aeroporto, troque seus reais nas corretoras de câmbio da Calle Sarmiento, próximo à Calle Florida. Aproveite o embalo e siga tour pelo centro.

No aeroporto de Ezeiza me indicaram o balcão do Táxi Ezeiza (valores aqui) que fica logo em frente ao portão de desembarque. A corrida pra Palermo era 680 P (aprox. R$150), mas pegamos Uber por metade.

Transporte: metrô 7,5 P (não dá nem R$2!). É bem antigo e funciona muito bem, te leva pra todo lado! Usei muito Uber. Outro aplicativo para táxi que funciona muito bem lá é o Easy Taxi. Sempre que entrar num táxi confira se o motorista ligou o taxímetro e preste atenção na nota que der ao lhe pagar. Um colega de trabalho aconteceu tomou um golpe uma vez. Deu uma nota de 100 e o taxista disse que era de 50. Olho vivo!

Para um sábado de manhã:

Tomar el subte (metrô) até Tribunales. Você sai na porta do Palacio de Justicia de la Nación, que é um prédio lindo onde foi filmado “O Segredo dos seus Olhos”. À sua frente está o Teatro Colón (tem visita guiada). De qualquer forma, a praça em frente ao Colón é muito charmosa. Fizeram lá uma homenagem ao maestro plantando flores em partituras feitas com grama:

                         

Palácio da Justiça

Café Tortoni

Se quiser conhecer o Café Tortoni pode seguir a pé pra lá. Ou pegue de novo el subte até Palermo e caminhe até o Rosedal (vá andando porque é um caminho bonito, passando pelo zoo e jardim botânico. Chegando no Lago de Palermo vivencie uma experiência porteña comendo um choripan.

66364_441688141639_4022282_n

Parque Tres de Febrero

[El Rosedal florido em junho]

Dentro do Rosedal procure o Jardín Andaluz, é lindo!  Para ver os mais de 12 mil exemplares de rosas, melhor, é claro, ir na primavera. Saindo do Rosedal, siga a pé para o Jardín Japonés que é pertíssimo. De lá siga a pé pro Malba, o museu de arte da América Latina. Lá tem Frida Khalo, Di Cavalcanti, o “Abapuru” da Tarsila Amaral etc. Museu imperdível!

66364_441688116639_4421819_n

Jardín Japonés

216939_10150241894901640_3489351_n jardin andaluz

                       

[Jardín Andaluz]

Malba

Almoce por ali e siga de bus para a Recoleta. Tem uns ônibus mais moderninhos por lá, sem trocador e o motorista não dá troco. Você tem que pegar o valor correto, senão não sobe. Antes de entrar no Cemitério da Recoleta, tome um sorvete (cucurucho de dulce de leche) na sorveteria Freddo em frente. (Cuidado, minha prima foi assaltada lá). Na saída, entre na Basílica del Pilar. Tem uma vendinha na porta com frascos de água benta com o símbolo da santa, ótimo para presentear tias carolas. O cemitério oferece visitas guiadas gratuitas. Acho bem legal, mais ainda se você quiser treinar seu español. O lugar é realmente bonito! Tem gente que nem entra porque tem medo de cemitério ou acha estranho passear num. Estão perdendo!

Se preferir mapa à visita guiada, ele é vendido na porta

                           [Cementerio de la Recoleta]

E por falar em cemitério, o pai do tango, Carlos Gardel, que diga-se de passagem não nasceu na Argentina, mas na França, não está enterrado na Recoleta, mas no La Cacharita (Estação Constitución). Só de curiosidade, Gardel morreu jovem num acidente aéreo em Medellín, Colômbia.

estacion constitucion

Estación Constitución

De lá siga pra Facultad de Humanidades e tire fotos na Floralis Genérica, uma escultura de aço que acho incrível! Caminhe até a Faculdade de Direito, onde foi filmado o filme “Tese sobre um Homicídio”, com Ricardo Darín. Para os amantes de arquitetura, infelizmente não fiz, mas li que atravessando a passarela até a Plaza Francia você chega na Biblioteca Nacional Mariano Moreno que é um prédio fantástico, principalmente iluminado à noite. Vi fotos no Google e babei! Passe pelo Museo Nacional de Bellas Artes e tome um café no Shopping de Design da Recoleta quase em frente. Pra quem gosta de design é um prato cheio! Compre unos regalitos na feirinha que tem ali na praça. Essa feira é fofa e acontece aos sábados.

Facultad de Humanidades

72703_441689611639_12029_n

Floralis Genérica

Para um Domingo:

Pegue um táxi para la Bombonera e de lá ande uns 2 quarteirões para El Caminito. Volte de táxi para a Feria de San Telmo, é perto.Tive a sorte de ir num jogo do Boca Junior na Bombonera com um amigo argentino hincha de fútbol :


partido de boca juniorsAproveitando que falamos de futebol. Outro time importante lá, o Racing, tem seu estádio no bairro de Avellaneda, mais afastado.

El Caminito

Em San Telmo tire uma fotinho com a Mafalda que está “sentadinha” num banco na Calle Chile com Defensa (rua da feira). Um restaurante bem legal de San Telmo, tradicional para comer carne gigantesca é o Desnivel – lê-se “Dêsnibél´” (Defensa 855). Compre doce de leite Havanna (Defensa 1084), tem lojas espalhadas pela cidade. Mas alfajor, pra variar, prefira os da marca Cachafaz, que são deliciosos!! 

68869_441689101639_5426084_n 66917_441695936639_5542458_n

Mafalda e sua trupe

À noite você não pode deixar de ir no Maldita Milonga (Perú 571) que fica ali em San Telmo. Coma empanadas e tome vinho malbec enquanto assiste uma banda ao vivo de tango e os casais dançam. Bem autêntico, fora do circuito turistada: http://www.youtube.com/watch?v=HsvG2G8aOgs

Por falar em noite, conhece o espetáculo argentino “Fuerza Bruta“? Pode aproveitar sua estada e ir lá. Tem show de terça a domingo na Recoleta. Ingressos aqui.

Para outros dias:

Plaza San Martín + livraria Ateneo Grand Splendid (Callao com Santa Fé 1860): Livraria construída onde era um antigo teatro (porque tem duas!). No café tem uma torta de chocolate com doce de leite divina. Próximo ao Ateneo talvez um prédio te chame atenção: Aguas Sanitarias ou Palacio de Aguas Corrientes.

Outras livrarias bonitas na cidade:  Eterna Cadencia (Honduras, 5574): também com café bonitinho. Libros del Pasaje (Thames 1762). Ambas em Palermo. Esse bairro é o que há!

229625_10150241901981640_7587319_n

Ateneo

Hablando de este tema,  a literatura argentina abarca célebres escritores como Jorge Luis Borges, Ernésto Sábato e Julio Cortázar. Olha dois deles aí:

Café La Biela

Para uma quinta-feira à noite:

Uma das coisas mais legais que fiz em Bs As, indicada por um amigo que morou 2 anos na cidade como correspondente da Folha de São Paulo, foi o Roberto (Boliche de Roberto ou simplesmente Lo de Roberto). É um bar (pra beber, não pra comer) feito numa farmácia antiga e tem uma mulher que canta tangos. É lindo porque todo mundo fica caladinho ouvindo-a cantar. Lá é tango de raiz, frequentado por porteños. Não perca este lugar! É bom chegar cedo, por volta de 20h porque enche e eles fecham as portas. Perto dali, há uma milonga, não só de tango tradicional, mas de aulas e apresentações musicais de outros gêneros tradicionais, chamada La Catedral, (Sarmiento 4006). Vale a pena conhecer pela decoração toda em sucata. A entrada parece de um clube de terceira idade, mas é só perguntar na porta quem vai se apresentar no dia, e ainda há possibilidade de fazer aula. (fui em 2010, ainda existirá?)

Plaza de Mayo + Casa Rosada + Manzana de las luces (tem visita guiada, eu fiz e achei bem legal. São os túneis subterrâneos por onde fugiam as pessoas na ditadura!) + Catedral Metropolitana + centro (Calles Florida, Corrientes) + Obelisco. Dei sorte de ver casal bailando tango na Calle Mayo no centro:

270005_10150241912881640_2136176_n  calle florida

manzana de las luces

Manzana de las luces

[Catedral e Plaza de Mayo]

O Obelisco fica no cruzamento das Av. Corrientes e 9 de Julio

A manifestação das Mães da Plaza de Mayo ocorre toda 5ª-feiras. A praça está cercada por belos edifícios como a Casa Rosada, o Cabildo, a Catedral Metropolitana e a sede do Banco de La Nación. Passeio legal é caminhar pela Avenida de Mayo do Congreso à Casa Rosada, isso me sugeriu a dona do Caravan.

A Av. 9 de Julho já foi considerada a mais larga do mundo. Na Corrientes estão vários teatros. Dá pra tirar foto com as estátuas de alguns artistas argentinos na calçada. Acho mais legal passear por aí em horário comercial pra sentir o burburinho.

Se passar pelas Galerias Pacífico (a cúpula deste “shopping” entre Calle Florida e Av. Córdoba é patrimônio cultural da cidade. Bela!), visite o Centro Cultural Borges que fica no andar de cima. Entrada gratuita. Lá tem apresentações de tango mais em conta e menos turísticas, procure saber!

Borges y yo

Almoce ou jante em Puerto Madero ou coma um choripán nos carrinhos da Costanera. Puerto Madero, antigo porto revitalizado, é uma área legal pra ir duas vezes, sendo uma de dia e outra à noite. Vá fim de tarde que aí você vivencia ambas visões numa pernada só. No porto há 4 diques, os mais bonitos para passear são os dois do meio. Cruze a Ponte da Mulher (Puente de la Mujer) projetada por ninguém menos que o arquiteto espanhol Calatrava!

[Puente de la Mujer]

72703_441689626639_1391641_n

Fragata Sarmiento

A dona do hostel Caravan nos disse que nos fundos de Puerto Madera tem a Reserva Ecológica Costanera Sur. Nunca tinha ouvido falar! Um parque que margeia o Rio da Prata (Río de la Plata) pra passear a pé ou de bike.

NOVO:

MuHu – Museu del Humor (Av. de los Italianos 851) inaugurado em jun/12 num prédio muito legal de uma antiga cervejaria, fica em Puerto Madero. Ainda não tive a oportunidade de ir, mas falam super bem e deve valer mesmo a pena já que a Argentina é berço de importantes cartunistas e/ou desenhistas como Alberto Breccia, Quino, Oscar Conti (OSKI), Calé e Meldrano. E os contemporâneos: Liniers, Maitena, Patricia Breccia, Lucas Nine, Salvador Sanz, Quique Alcatena, Alejandro Aguado, Juan Saenz Valiente, Ana Pili, El Tomi,  Meiji, Maicas, Lautaro Fizman, Esteban Podetti, Gustavo Sala, Laura Gulino, Marcelo Mosqueira, Pablo Sapia, Pablo Tunica, Lucas Varela, Alex Ducal, Pablo Fayó, Mari Salinas… ufa!

Para ilustrar, Alberto Breccia (à esq.) e Patricia Breccia (à dir.) – pai e filha. Sou fã!!

by alberto breccia           by patri breccia

Onde comprar: (não se empolgue: preços de RJ!)

Para roupas infantis e enxoval para bebês veja este post aqui! Comprei várias roupinhas lindas pro meu filho na Pioppa, Grisino e camisetas na Weak Meak.

Além da rua Florida vá também na Av. Córdoba, Santa Fé e os bairros Once, que tem lojas com bons preços em atacado e varejo.  As lojas de lã estão no cruzamento das ruas  Córdoba e Scalabrini Ortiz. Para couro, Calle Murillo con Ortiz. Os outlets estão na Villa Crespo.

Pros fãs de farmácias que vendem de tudo: Falabella. Veja onde tem lojas aqui!

Eu adorei a feira da Plaza Serrano, em Palermo Soho, diariamente de 10 às 20h. Pra roupas de bebê procure “Gink Go” na feira, lindezuras!

Aliás esse bairro é cheio de lojinhas lindas. Passeando por lá acabei dentro do ateliê da artista Mora Veron e gastei uns pesos lá! É lindo o trabalho dela. http://moraveron.com/

Minha irmã se apaixonou por esta “escultura” da Mora

Aos domingos tem a Feria de San Telmo, sem contar as lojinhas lindas na rua da feira que ficam abertas. Tenho várias coisas de lá, desde castiçais a cachecóis.

Para souvenirs os bairros San Telmo e Caminito têm várias lojinhas.

“Naranjo en Flor”: lojinha fofa de gorros e chapéus na Pasaje Obelisco Sur (entre Corrientes e Sarmiento) – Loja 20 A

Arredores:

Colonia del Sacramento fica no Uruguai, mas mais perto de Bs As do que de Montevidéu, é imperdível. Veja meu post, aqui!

Zoo em Luján. Não conheço. Se os bichos falassem espanhol talvez eu tivesse ido. 🙂 http://www.zoolujan.com/

E para terminar, filmes argentinos imperdíveis: O Segredo dos seus olhos; Um conto chinês; Nove Rainhas; O filho da noiva; Valentín; Herencia; Viúvas às quintas; Medianeras; Infância Clandestina; Diários de Motocicleta; Elsa e Fred; Relatos Selvagens; Cidadão Ilustre.

¡Qué disfruten!

Outros blogs: Aquí me quedo e pra quem vai pela 1ª vez, roteiros imperdíveis (em espanhol!). Buenos Aires: cara ou barata? Leia post.

Meu post sobre onde comer em Buenos Aires aqui!

Buenos Aires está tão linda que dá até pra ir de luna de miel! E os argentinos são muito gentis conosco, e foi assim nas 3x que estive aqui, estando sozinha ou acompanhada. Fotos com minhas irmãs na rua do antigo zoo, batendo perna do hostel ao Rosedal. Buenos Aires, lindo de viver!

Nosso mapa, aqui.

*todas as fotos são de nossa autoria

Esta entrada foi publicada em Argentina e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *