Maromba/RJ e Maringá/MG

FullSizeRender_3

Porta de um restaurante em Maringá

Essas duas cidades estão a 3 km de distância uma da outra, divididas apenas por uma pequenina ponte. Com menos de 10 passos você cruza de estado e em menos de 5 minutos vai do Rio às Minas Gerais.

 Como chegar:

A região está no alto da Serra da Mantiqueira, a 1.500 m de altitude e o acesso é pela Dutra. São apenas 8 km de estrada de terra de Maringá até Maromba, o resto é asfaltado. Da entrada da Dutra pra Penedo são 36 km até a porta da pousada onde estivemos hospedados.

foto dutra

Vindo de SP ou Rio a entrada pra cidade de Visconde de Mauá fica no meio do caminho. São 210 km do Rio a Mauá. Entrada no km 311 da Dutra sentido Rio-SP, em Penedo. Então você passa por Visconde de Mauá, depois Maringá e por fim, Maromba. Tudo bem pertinho!

IMG_0346

Maringá é uma graça, cheia de restaurantes, bares, cafés, pequenas e charmosas mercearias e lojinhas encantadoras! Bem pequenina, tudo está concentrado em duas ruas praticamente. E em Maromba estão as cachoeiras.

IMG_0362

Rio Preto

Há muito tempo os cariocas tinham o hábito de frequentar as cachoeiras de Visconde de Mauá, mas dizem que decaiu após a pavimentação da estrada. Ficou fácil de chegar e aí, já viu, superlotou.

Onde ficar:

Estivemos em Maromba 2x: Nov/12 e Nov16. A primeira vez só nós dois, viagem casal, e agora com nosso bebê, que estava com 6 meses e àquela época exclusivamente no peito. Nas duas vezes nos hospedamos na mesma pousada porque gostamos tanto que não quisemos experimentar outra: Pousada Casa Bonita

IMG_4127

Caminho de hortênsias e clima de montanha

Tem quedinha d´água dentro da pousada que fica à beira do Rio Preto. O atendimento é acolhedor e o regime de pensão completa é oferecido. A comida servida no fogão à lenha é uma delícia, o café da manhã caprichado e à noite sempre pães, vinhos e caldos à luz de velas. Parece um conto de fadas.

IMG_4069

Se você quiser, nem vai precisar sair da pousada. Pode tomar sol nas espreguiçadeiras dispostas ao longo do rio enquanto bebe caipirinha e fazer caminhadas dentro do terreno de 20 hectares, que mais parece um bosque!

FullSizeRender

E ainda é possível malhar na academia!

[Academia da pousada]

Nosso chalé:

[Nosso quarto com uma árvore dentro]

Na cidade vi essas casinhas no alto do morro, fiquei curiosa, perguntei, era uma pousada:

IMG_4103

Pousada Bela Mauá

O que fazer:

Mas a gente gosta de passear! Você pode ir pra cidade de Maromba e basta atravessar a pé essa pontezinha pra cruzar de estado. Do outro lado está Maringá.

[A ponte é somente para pedestres]

Como já disse acima, em Maromba tem poucas opções de lojas e restaurantes, mas é onde estão as cachoeiras (veja lista aqui: http://www.viscondedemaua.com.br/lugares/cachoeiras ). Infelizmente eu não tinha o blog quando fui a primeira vez à Maromba pra falar detalhadamente delas. Só tenho essa foto da Cachoeira do Santuário, que é um parque ecológico. Você paga entrada e tem acesso a várias cachoeiras. Bem legal, trilha fácil, mas precisa do carro pra chegar. No caminho tem uns restaurantes pra tomar cerveja ou cachacinha acompanhada de  aipim frito!

560105_10151696003581640_1768344702_n

Cachoeira do Santuário

Lojas em Maringá:

Oficina de Joias: loja linda de anéis, brincos e pulseiras feitos com pedras da região pelo casal Márcia Moura e Alexandre Baêta. https://www.facebook.com/oficinadejoiasmarciamoura

Reserva da Mata: roupas e sapatos

Onde comer em Maringá:

Bar Casebre Pub: vários tipos de cervejas artesanais, nacionais e importadas. Pra sentar e ver a vida passar. Se não me engano, só abre nos finais de semana.

Chocolateria Doce Lembrança (Telf. 24 – 3387-1251): Comprei um pão de mel divino e me arrependi de não ter trazido mais.

Marioca Bistrô: lojinha de queijos, doces e cervejas locais, como a Serra Gelada, produzida na região.Resultado de imagem para serra gelada cerveja

E depois do almoço, sesta! Sonho meu…

igreja

Igrejinha em Maringá

*todas as fotos são de nossa autoria

Esta entrada foi publicada em Brasil e marcada com a tag , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *