Chapada dos Veadeiros – GO

Estivemos na Chapada por 4 dias durante o feriado de 12 de outubro, em 2015. Pousamos no aeroporto de Brasília e alugamos um carro.

                         

[O cerrado por Alex Costa]

Onde ficar:

Eu e André chegamos no sábado cedo, mas minhas irmãs quiseram chegar sexta à noite e passaram à noite em Brasília num hotel perto do Aeroporto e gostaram: Base Concept Hotel

Fomos em 4 pessoas e ficamos hospedados em Cavalcante. Alugamos uma casa (Casa Prata I) que indicamos muito: http://www.casatemporadachapada.com.br/cavalcante

unnamed

A cidade de Cavalcante fica a 90 km de Alto Paraíso e é onde ficam as cachoeiras tops, Santa Bárbara e Capivaras, que estão a 2 km de distância uma da outra. É um povoado de 12 mil habitantes que vivem de empregos na Prefeitura, da pecuária, turismo e agricultura familiar.

Onde ficar em São Jorge: Uma grande amiga que ficou em São Jorge indica a pousada onde se hospedou com o marido: Caminho das Cachoeiras. Ao lado, ela viu uma que lhe pareceu interessante também, chamada Baguá, com bangalôs individuais. Essas duas são mais perto do parque do que da vila, o que ela preferiu, por ficar mais afastada do burburinho da cidade e porque eles estavam de bike. No coração da vila duas pousadas lhe chamaram a atenção: Alecrim do Campo e Bambu Brasil.

Como chegar:

Foto de Alex Costa

Abasteça o carro em Alto Paraíso ou  Cavalcante, não há posto de gasolina em São Jorge.

A entrada do Parque está localizada no distrito de São Jorge, a 36 km de Alto Paraíso de Goiás. De Brasília, são cerca de 260 km até a entrada do Parque e o caminho é pela GO-118, que está em bom estado de conservação e bem sinalizada em sua maior parte.  Redobre a atenção após o município de São João D’Aliança, pois a estrada não possui sinalização, a pista é simples e não há iluminação. Pra quem se hospeda em São Jorge pode caminhar até a portaria do Parque, são menos de 1 km.

Caso você queira almoçar no meio da estrada, em São João da Aliança tem um restaurante gostoso, simples e barato chamado Restaurante Chapéu do Sol. Fogão de lenha, panela de barro e churrasco.

Quando pousamos em BSB, minhas irmãs já tinham alugado o carro e seguimos em frente. Levamos aproximadamente 3h no trajeto, estrada boa e paisagem de cerrado. Paramos em Alto Paraíso pra conhecer, almoçar e fazer as compras num supermercado. Foi uma ótima escolha ir conhecer essa cidade, afinal, teríamos 3 dias pra curtir as cachoeiras. Gostamos muito do que comemos no Vendinha 1961 (Av. Ary Valadão Filho 787), que fica na avenida principal. Se quiser um self-service, tem o Peregrino.

Passamos pra conhecer A Gota, só de fora.

12119185_10153052726166640_3049639704757448510_n

A diária do carro com todas as taxas ficou R$150,00 pela Localiza. Pegamos um Sandero 1.6.

O complexo da Chapada dos Veadeiros abarca seis cidades: Cavalcante, Alto do Paraíso, São Jorge, Teresina de Goiás, São João da Aliança, Engenho e Colinas do Sul.

Para alguns passeios é necessário guia. Vou tentar dizer lá embaixo quais precisa. Pegamos o Coleci (guiaregional123@hotmail.com). Ele fez toda a diferença, super cuidadoso, educado, tranquilo, gente boa, extremamente responsável e profissional. Olha ele aí com os cajus recém colhidos:

IMG_2829

E a gente num mirante a caminho do Prata (não anotei o nome):

IMG_2825

Onde comer em Cavalcante:

IMG_2830

Cajuim ou caju do campo, bem docinho!

Canela de Ema: delicioso e saudável! Comidas do chef André, paulistano, cada um pediu um prato diferente e todos de darem gosto! https://www.facebook.com/Canela-de-Ema-498601920318261/

Pizza Gastrô: pizzas gostosas, na lenha, de massa fininha. Lá você pode tomar a cerveja artesanal local, Aracê.

Flor do Cerrado: comer muito e barato, a la carte.

E caldo de cana todo dia em frente ao mercado!

Passeios que fizemos na Chapada:

IMG_2945a

Água em abundância

Dia 1

Complexo do Rio da Prata: às 7h o guia estava em nossa porta. Deslocamento de 63 km de carro em estrada de terra até o Rio Prata. Caminhando 6 km (ida) + 6 km (volta) ladeando o Rio da Prata, passando por cachoeiras e piscinas de águas esverdeadas. É um dos rios mais bonitos de toda a Chapada dos Veadeiros, não só pela limpidez da água como também pela diversidade de suas cachoeiras com seus magníficos poços, muito aproveitados para banhos durante a caminhada. É preciso levar lanche reforçado porque não tem estrutura.

Cachoeira Rei do Prata e Urubu-Rei: descendo 7 km de trilha no Vale do Prata, chega-se às cachoeiras Rei do Prata e Urubu-Rei, chamada também de Rainha do Prata, duas das mais bonitas da região. A água cai verde esmeralda e absolutamente transparente em uma grande piscina natural. Excelente para o mergulho e muito bonito. Parte do caminho beirando um abismo, sente só:

12140559_10153052726316640_118232351888612829_n.jpg

*Pro dia de passeio acima é necessário guia. Valor aprox. diária: R$150,00 para o grupo.

IMG_2834

Prévia: instruções e alongamento

IMG_2918

IMG_2899

Dia 2

Cachoeiras Santa Bárbara, Capivara e Tiririca: deslocamento de 27 km até o Povoado do Engenho, localizado no Sítio Histórico e Patrimônio Cultural Kalunga. Têm águas cristalinas excelentes para banho e estão localizadas na região conhecida como Calha Norte da Chapada, no Território dos Kalungas.

Cachoeira de Santa Bárbara: é sem dúvida uma das mais belas do município e fica em Cavalcante! São duas quedas d´água, a primeira um pouco menor que a segunda. São 31km pela estrada de chão a partir de Cavalcante e 6 km  de caminhada moderada, mas os 5 km dessa trilha também podem ser feitos de carro.

Cachoeira Capivara: a 22 Km de Cavalcante, você chega nela após passar pela Santa Bárbara, são bem próximas. Ela é formada pelo Rio Capivara e o Tiririca que se encontram e se precipitam em um cânion com várias quedas e poços para banho.

*É cobrada entrada de R$20 por pessoa e obrigatória ida com guia lá do local mesmo, R$70 pro grupo. Na Santa Bárbara é permitido ficar no máximo 1h e há número controlado de visitantes por mês. Quando você chegar lá vai entender por quê. Desbunde!!!

IMG_3010a

IMG_3004

[Santa Bárbara]

IMG_3083

20151012_131420

IMG_3077a

Capivara

Dia 3

Poço Encantado: fica em Teresina de Goiás, a 35 Km de Cavalcante pela estrada pavimentada. Cercada por vegetação, a cachoeira cai de uma altura de 38m, formando a seus pés uma das maiores piscinas naturais da região, com 50m de diâmetro. Caminhadinha de 300 metros apenas e ainda possui boa infraestrutura: estacionamento, bar, restaurante e banheiros. Ideal para crianças e claro, pela facilidade, fica cheio.

*Entrada paga, R$15 por pessoa. Não é necessário guia.

20151013_094924

Vale da Lua: deslocamento de 90 km até Alto Paraíso, depois mais 24 km sentido São Jorge até a entrada pro Vale da Lua e mais 4 km de estrada de terra até a entrada propriamente dita. O carro consegue ficar ainda mais marrom! Leva este nome porque este vale rochoso esculpido pelas águas do Rio São Miguel tem a tonalidade e formas irregulares que lembram o solo lunar. Algumas fendas nas pedras formam piscininhas. São somente 800 m de caminhada e há estrutura de banheiro e bar simples na entrada.

*Entrada paga, R$20 por pessoa. Não é necessário guia.

IMG_3233a

IMG_3217

IMG_3208

IMG_3232

Mirante do Jardim de Maitreya:  no caminho pro Vale da Lua, na GO-239, estrada que liga Alto Paraíso a São Jorge, você o avista. Não é pra passear, só pra ver da estrada mesmo os buritis, dando uma paradinha com o carro.

20151013_120741

IMG_2955

Buriti

IMG_3180

Por esse caminho aí fica o Rancho do Waldomiro, famoso pela matula servida em folha de bananeira. Lá também você pode saborear geleias e doces feitos com produtos locais. A gente não foi porque era o dia de ir embora, mas fiquei bem afim de provar e conhecer.

Veja mais no site da casa onde ficamos, lá tem todos os passeios: http://www.casatemporadachapada.com.br/atrativos-naturais

Roteiro indicado pelo meu primo Fred, que mora em BSB:

  • 1 dia nos Kalunga: cachoeiras Capivara e Sta Bárbara (tem que contratar guia, pode ser na própria comunidade) – no caminho há um mirante da cachoeira Ave Maria, 120m – ver época que tem mais água;
  • 7 quedas da Cachoeira Veredas – dá pra fazer tudo em meio dia, mas seria meio corrido (sem guia);
  • Cachoeira das Araras e São Bartolomeu, que dá pra conhecer em meio dia (sem guia).
  • Tem também o Rio do Prata, que parece ser show, mas onde ainda ainda não fui – é distante da cidade (uns 70km de estrada de chão), após os Kalunga, e exigem guia.
12122739_10153052726161640_4829745344495722749_n

Voltaremos!

* todas as fotos são de nossa autoria, exceto as do Alex Costa, devidamente creditadas!
Esta entrada foi publicada em Brasil e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *